sexta-feira, 23 de outubro de 2015

CANÇÃO DE AMOR


http://immoklink.com/site/
FOTÓGRAFO: IMMO KLINK


CANÇÃO DE AMOR

Come sempre me esperava, na velha casinha da colina,
Banhava-se no riacho, desde quando era menina,
Espíritos da floresta vinham brincar com seus cabelos,
Entre todas as mulheres, a única que podia vê-los.

Contavam que a muito tempo, ali aconteceu,
De um sábio apaixonado, de triste adoeceu,
E ali deixou seu ouro, seu precioso coração,
Ficou por um amor, que lhe mostrou uma lição.

"Não ame procurando pessoas perfeitas,
Pois nem mesmo uma reta pode ser direita,
E tudo se curva diante do amor verdadeiro,
O olho só se abre depois de enxergar algo inteiro".

Voltou para casa, se vestiu de flores e ficou a esperar,
Abri a porta, recebi um sorriso e um belo jantar,
Brindamos o nosso amor, com o leve sussurro da madrugada,
Somos perfeitos enquanto vivemos mais uma noite encantada.

Volto ao meu caminho pelo mundo das canções,
Levando por onde passo, a felicidade, as emoções,
E lá estará a bela morena de cabelos cacheados,
Me esperando com seu sorrido, para outra noite ao meu lado.

Elder Prior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário