terça-feira, 11 de agosto de 2015

TOCANDO A HARPA DE OURO

https://rceliamendonca.files.wordpress.com/2013/07/harp-audition-moritz-von-schwind.jpg

TOCANDO A HARPA DE OURO

Os cristais tocam a música soprada pelo vento,
Escalas, ritmos, músicas em nascimento,
Na porta do destino, notas, divinos arpejos,
Lá dentro, tocando a harpa de ouro, os desejos.

Nem sempre se ouve os sons dourados,
Exigem muita paciência,  ouvidos treinados,
A virgem ouve a pureza do poema,
Entre os dedos ágeis, decifrando o problema.

As águas embalam o sono da floresta,
Enquanto a Lua cheia prepara a festa,
A fogueira se acende na saliva noturna,
Velhas senhoras retiram a candeia da urna.

Jovens belos, surgem nas penumbras da mata,
O amor, o desejo, no tocar da música desata,
A inocência caminha com seus pés suaves,
Onde a nudez é liberdade, não está entre pecados graves.

O que aconteceu com a harpa da harmonia?
A humanidade, um mundo, talvez algum dia,
Todos seremos livres para sermos humanos,
Onde as diferenças do genital não nos cause danos,
E jamais teremos vergonha do que somos,
Nus, nós, Adão e Eva novamente, somamos.

Elder Prior.

Um comentário: