quinta-feira, 3 de abril de 2014

INSATISFEITO




Vemos que nada anda como deveria andar,
Com a corja que invadiu a estrutura parlamentar,
Lais engavetadas em benefício de poucos,
A liberdade de expressão ignorada, gritos roucos.


Fico insatisfeito quando vejo tanta riqueza,
Sendo desperdiçada pelos mestres da esperteza,
Que visam apenas seus lucros exorbitantes,
Dane-se o padrão de vida de seus habitantes!

Fico triste em ver que parece não ter fim,
Como podemos viver numa situação assim?
Pena que a maioria acredita nestas mentiras,
Muitos acreditam no país das maravilhas.

Protestos acanhados e sem direção,
Que acabam em descaso quando chega a eleição,
Mudando a casca do mesmo ovo podre,
Colocando vinagre no velho odre.

Fico insatisfeito com toda esta miséria acumulada,
Entre os heróis dos gramados e a bunda da mulata,
Que são explorados, para nada se dizer,
Felicidade enganosa pra turista ver.

Elder Prior

Um comentário: