quarta-feira, 25 de setembro de 2013

NÃO SER


http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/554381/mn/133467473508.jpg


NÃO  SER


Ás vezes é melhor esperar, observando o caminho,

Perceber que o tempo nunca muda sozinho,

A beleza e o feio acompanham o doce festejar,

As coisas andam como têm que andar.


Não apresse aquilo que tem seu tempo de existir,

Como um rio entre as rochas, que insiste em fluir,

As barragens que lhe dão mais força para expressar,

A energia elétrica para maravilhas carregar.


A arte da guerra é saber quando agir,

De maneira que no mundo saiba interferir,

Sem que não cause males ainda maiores,

Causando apenas coisas para que tu, melhores.


É melhor compreender a verdade do mundo,

Antes que a carregue com um erro profundo,

De achar que sabe tudo,

Quando devia calar-se, ficar mudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário