quinta-feira, 27 de junho de 2013

CAMINHANDO E PLANTANDO




CAMINHANDO E PLANTANDO

Nos caminhos da vida espalhei as sementes,
As primícias de uma nova vida,
Cansado de apenas andar nas vertentes,
Decidi estancar minha ferida.

Meu caminho cheio de pedras e espinhos,
Devo preparar para a terra cultivar,
Assim como os pássaros fazem seus ninhos,
Devo eu minha terra semear.

Depois de plantar em tal terra árida,
As águas do Céu devem entrar em seu meio,
Pois, sementes, pelas energias do céu estão ávidas,
Ali que preparam seu leito, seu seio.

Vem! Vamos embora! Dizia o poeta.
Esperar não é Saber,
Caminhando e plantando se faz acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário