quinta-feira, 27 de junho de 2013

APRENDER




APRENDER

Eis mais um homem aqui, querendo viver,
Nesta vida de absurdos, poder, aprender,
Os caminhos bravios do coração,
Que se lastima, que se emociona.

Eis mais um homem em seu tranqüilo trajeto obscuro,
Tentando em vão, derrubar os seus muros,
Que ainda, na tardia vida,
Se hospeda, se incrusta.

Eis o aprendizado que o homem busca,
Pelas luzes que o pensamento ofusca,
Tentando aprender com erros e faltas,
Pelas entranhas, pela vida,

Eis o homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário