domingo, 5 de maio de 2013

EU TE AMO





EU TE AMO

Ainda que nada seja eterno,
As coisas que nunca podem parar,
O amor pode ser o único eterno,
É o único que pode parar, o Universo.

Eu pego em suas mãos e elas envelhecem,
Eu vejo o pó e ele endurece,
Então vem o amor de braços abertos,
E nós viveremos mais uma vez em paz.

Tudo é amor, tudo é eterno,
O que não muda, se transforma,
Mas não deixa de viver,
E não deixa de se transformar.

Pego carona no seu coração,
Pode ser mais uma transformação,
Pode ser algo que seja eterno,
Ou que dure por vários invernos,
Ou que se torne um verdadeiro inferno,
As águas levam consigo o pó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário