domingo, 30 de dezembro de 2012

NEPHILINS






NEPHILINS

Perdidos no tempo, nas histórias humanas,
Muitos dizem ser palavras insanas,
Mas se fala do sepulcro de Sargão,
Lendas de gigantes, lendas de dragão.

Seria um povo remoto esquecido?
Demônios que talvez tenham aparecido?
A ciência não tem resposta às questões.
Davi prefere o Golias derrubar, evitar opiniões.

Enquanto as evidências mostram o contrário,
Ciência e religião não mostram relicário,
Quem sabe não é hora de tirar da pedra a espada,
A Excalibur tanto tempo desejada.

Houve ou não uma raça de gigantes?
Que Platão chamava de Atlantes,
Dos quais nada realmente se encontrou,
Porque da verdade muito se violou.

Resta-nos pensar se estamos sós no mundo,
O que havia antes da Dorsal virar fundo,
Antes dos relatos do dilúvio universal,
Antes de pessoas virarem estátuas de sal.

Um comentário:

  1. Quem foram os Nephilins: :"anjos caídos", "espíritos impuros" , "demônios" ou "vigilantes?
    Como você diz muito bem: "Dos quais nada realmente se encontrou, / Porque da verdade muito se violou."
    Parabéns por mais esta excelente postagem, em forma poética.
    Um grande abraço, Elder!

    ResponderExcluir