segunda-feira, 8 de outubro de 2012

CARTAS DE AMOR - XII - SACRIFÍCIO




SACRIFÍCIO

Me sacrifico pra ficar longe de ti,
Mesmo nos dias que não estou aqui,
Te vejo em meus sonhos de poeta amador,
Procurando maneiras de disfarçar a dor.

E longe te vejo como uma princesa perdida,
Que alguns cavaleiros lhe deixaram esquecida,
Porque o destino te reservou para estar aqui,
E passar por coisas que vivi, escondi.

Houve um tempo que eu era um sonhador,
Hoje sou sonho com alma de consolador,
Vivo o que muitos não sabem que existe,
E você neste caminho me acompanhar insiste.

Então, te beijo com amor de sua pena,
Do sacrifício que fazes pelo meu problema,
Resolves com seu coração de deusa coroada,
Se camuflando no sacrifício de mulher amada.

Um comentário: