sexta-feira, 27 de julho de 2012

ÍSIS




ISIS

Isis, vem com teus braços e suas faces me olhar,
Isis, vem com a eternidade me brindar,
Corre-te para a fonte do rio Nilo e banhe-se no luar,
Deixe meus olhos de realidade na ilusão se retratar.

Com cachos de uva, semblante feliz, ansata nas mãos,
Agracia-te seu esposo, seu pai, adora teu filho,
Nutriz do eterno, espere, pois o mundo pra ti é sempre verão,
Ta na hora de sonhar e seguir pela terra espalhando os grãos.

Deixe-me só, se for o teu desejo,
Deixe-me feliz, se for o teu anseio,
Digas-me verdades, se forem para cobrir mentiras,
Digas-me o tempo, se for para conhecer a eternidade.

É chegada a hora de viver aqui,
Renascer das cinzas e do pó, se eternizar,
Viver os segundos sabendo que é bonito viver,
Quão bom é viver, cada momento,
Quão bom é viver a eternidade.

O tempo é pedaços de eternidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário